QUARTO MONTESSORIANO

Daniely Périco on 11 de outubro de 2018

Em plena semana do dia das crianças, o assunto não poderia ser outro:

quartos infantis!

Arquiteta Cristiane Passos – Foto: Andrea Marques

Uma grande tendência no momento, são os quartos que seguem a filosofia montessoriana tem como principal objetivo estimular as crianças, trazendo mais autonomia e liberdade, mas é claro pensando na segurança. Maria Montessori foi a primeira mulher a se formar em medicina na Itália, ela focou seus estudos no desenvolvimento das crianças e defendia a ideia de que os estímulos dos ambientes faziam parte do aprendizado infantil.

Vejam a seguir, os principais itens e conceitos dessa tendência:

 

CAMA

Uma característica muito forte desses ambientes é a ausência de berços, que foram substituídos por camas baixas, ou até colchões no chão! Inicialmente, se caso você pense que a falta do berço pode parecer estranho, repense essa ideia: colchão no chão dá mais liberdade ao bebê que explora melhor seu quarto sem a sensação de ficar preso.

Se caso for optar pelo colchão no chão, indicamos colocar um tapete em EVA para isolar o frio ou até um tapete hipoalergênico bem posicionado. As caminhas com madeira imitando casinha deixam o quarto super fofo!

#ficaadica: Geralmente usamos um mini colchão de 1,50×0,70m. Esse tamanho vai permitir que a criança continue com essa cama durante muito tempo.

Arquiteta Cristiane Passos – Foto: Andrea Marques

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

 

 

ESPELHO

Os espelhos instalados em uma altura compatível com as crianças, servem para que elas se reconheçam como indivíduos, além de ajudar na consciência corporal. Instalar uma barra de apoio permite que elas fiquem em pé e consigam se observar. Importante dizer que conforme a criança cresce, ele deve ser modificado de lugar para continuar na altura dos olhos delas.

#ficaadica: use espelhos em acrílico, e não se esqueça de fixar bem na parede!

Arquiteta Cristiane Passos – Foto: Andrea Marques

Foto: Revista Crescer

Foto: Pinterest

 

PAREDE DE DESENHO

A parede pode ser pintada com lousa, ser adesivada ou ter uma bobina de papel. Qualquer dessas opções as crianças vão amar! Além de estimular a criatividade, se bem planejado se incorpora perfeitamente com a decoração do ambiente.

 

Foto: Blog Mara

 

GUARDA ROUPA

Investir em araras ou suportes para que as roupas estejam sempre no alcance é um ótimo método para estimular a independência. Além de se vestirem sozinhas, elas têm a responsabilidade de sempre deixar as suas coisas organizadas. Mas se caso já tenha um armário, a arara pode ficar com apenas algumas peças, para as crianças ajudarem na escolha no “look do dia”.

Foto: Pinterest

Foto: Pinterest

 

 

PRATELEIRAS OU MÓVEIS BAIXOS

O importante é deixar tudo a vista das crianças, sejam em caixas, prateleiras ou cestos. Assim desde cedo elas conseguem reconhecer seu espaço e todas as possibilidades.

#ficaadica: Faça rodízio com os brinquedos das crianças a cada 15 dias, isso vai deixar o ambiente mais interessante

Foto: Pinterest

 

Foto: Pinterest

 

TAPETES

Além de darem um toque especial para o quarto, os tapetes dão um espaço mais aconchegante para as crianças brincarem. Para os bebês será mais uma experiência sensorial no seu quartinho.

 

Foto: Revista Crescer

 

Foto: Viva Decora

As possibilidades são infinitas!! E o conforto que os bebês terão nesses ambientes agradarão, com certeza a família toda!

Latest News All Articles

0 comments
Post a comment